Manutenção preditiva e integração de tecnologias
Artigos Técnicos

Integração de vibrações e termografia em rotina

Integração da análise de vibrações e termografia em rotina – Exemplo 1

Introdução

De seguida apresenta-se um exemplo prático de integração da análise de vibrações e termografia em rotina de inspeção.

Atualmente o maior custo de implementação de um sistema de manutenção preditiva é o correspondente ao custo do pessoal para o implementar. De facto, este custo ultrapassa largamente o custo do investimento inicial na aquisição de equipamentos. Assim, é grande a preocupação em tirar o maior partido do trabalho dos técnicos que implementam as técnicas de inspeção.

2 Integração da análise de vibrações e termografia em rotina – o analisador de vibrações como plataforma de integração de tecnologias de manutenção preditiva

A seguir podem-se ver imagens deste equipamento, com as funções de analisador e camara de termografia.

Integração de vibrações e termografia em rotina Integração de vibrações e termografia em rotina

Analisador

Máquina fotográfica e termografia

De facto, este equipamento integra as seguintes tecnologias de manutenção preditiva:

  • Vibrações – analisador e coletor de dados;
  • Termografia;
  • Análise de corrente de alimentação;
  • Ultra-sons;
  • Máquina fotográfica;
  • Estetoscópio;
  • Gravador de sinais;
  • Equipamento de equilibragem no local;
  • Controlo de lubrificação.

Assim, quando se pretende utilizar, a camara de termografia é ligada a uma ficha USB, na parte de cima do equipamento, como se pode ver nas imagens.

Integração de vibrações e termografia em rotina Integração de vibrações e termografia em rotina

Deste modo, a camara de termografia normalmente anda no bolso do inspetor e é montada quando este a pretende utilizar. Assim, pode ser utilizada de forma ótima no trabalho de inspeção e as imagens obtidas serem integradas automaticamente nos relatórios.

3 – Integração da análise de vibrações e termografia em rotina – a aplicação informática

Assim, o programa DDS da ADASH, é a aplicação informática que integra as diferentes tecnologias. De facto, permite gerar relatórios de inspeção de vibrações e termografia, automaticamente. Desta forma alivia a carga burocrática associada ao trabalho de inspeção.

Manutenção preditiva e integração de tecnologias

4 – Integração da análise de vibrações e termografia em rotina – Exemplo 1 – motor quente

Numa rotina de medição de vibrações, efetuada com o ADASH VA5 Pro, estas foram medidas num motor elétrico, não se tendo detetado nada anormal. Tal pode-se ver nos gráficos de nível global e envelope de aceleração, a seguir apresentados.

Integração da análise de vibrações e termografia em rotina

Todavia, o técnico sentiu que o motor estava quente. Como tinha o equipamento de termografia, decidiu efetuar uma inspeção termográfica.

Integração da análise de vibrações e termografia em rotina

Imediatamente constatou que este apresentava uma temperatura máxima de 80ºC. Assim, chamou a atenção dos responsáveis da manutenção para este facto.

Quando se efetuou uma inspeção ao motor, viu-se que a ventoinha do motor estava entupida com sujidade. Em consequência, procedeu-se à sua limpeza.

Quando da sua colocação em funcionamento efetuou-se novamente uma inspeção termográfica. Neste momento constatou-se que a sua temperatura de funcionamento baixou de 80ºC para 33ºC.

5 – Conclusão

Sendo a temperatura de funcionamento do motor um fator de degradação do seu isolamento, a inspeção deu no mínimo um contributo significativo, para a sua melhoria de fiabilidade. Na pior das hipóteses, evitou um incêndio.

As potencialidades da integração da análise de vibrações e termografia em rotina são plenamente evidenciadas neste exemplo.

Similar Posts